Poder da Consciência: O Que Aprendi Com Daniel Na Cova dos Leões que Mudou Minha Vida

Tempo de leitura: 8 minutos

Você conhece a história de Daniel?

Já ouviu falar dessa história?

A história de Daniel é praticamente a história de cada homem. Está escrito que o rei Dario nomeou 120 administradores (pessoas para administrarem o seu império), mediante a isso, o Daniel se destacou entre os demais e o rei Dario pretendia coloca-lo como o responsável de todo o governo, portanto, outros dois administrador não gostando disso, procuraram motivos para manchar a sua conduta, tentaram várias formas mas nunca conseguiam, quando finalmente acharam a forma perfeita e foram ao rei: Oh grande rei, todos nós achamos que você deveria emitir um decreto ordenando que todo o homem que orar a qualquer deus ou a qualquer homem, além de ti, nos próximos 30 dias, seja atirado na cova dos leões.

Por fim Daniel foi Jogado na cova dos leões por não cumprir o decreto. Mas Daniel, quando ficou preso na cova dos leões, deu as costas às feras famintas, e com a sua visão voltada para uma luz que vinha de cima, ele orou para o único Deus.

Os leões que estavam propositadamente famintos para o banquete, mantiveram-se impotentes, sem ferir o profeta. A fé de Daniel em Deus era tão grande, que finalmente trouxe a sua liberdade e a sua nomeação a um alto cargo no governo de seu país. Esta história foi escrita para você, para instruí-lo na arte de libertar-se de qualquer problema ou prisão do mundo.

O Que Aprendi Com Daniel Na Cova dos Leões que Mudou Minha Vida

A maioria de nós, nos encontrando na cova dos leões, nos preocuparíamos apenas com os leões, não pensaríamos em nenhum outro problema no mundo, a não ser os leões, e ainda assim Daniel virou as costas para eles, e olhou na direção da luz que era o seu Deus. Se seguirmos o exemplo de Daniel, quando ameaçados por qualquer ameaça terrível, como leões, pobreza, ou doença, se como Daniel, nós conseguirmos voltar a nossa atenção para a luz que é Deus(lado oposto dos problemas), nossas soluções seriam simples dessa mesma forma.


Por exemplo, se você fosse aprisionado, ninguém precisaria lhe dizer que você deveria desejar por liberdade. Liberdade, ou melhor, o desejo de ser livre, seria automático. O mesmo seria verdadeiro se você ficasse doente, com dívidas, ou em qualquer outra situação. Os leões representam situações “aparentemente” sem solução, e de natureza ameaçadora. Cada problema produz automaticamente a sua solução na forma de um desejo de ficar livre do problema.

O Napoleon Hill Já dizia, todo o problema traz consigo a semente da solução.

desenvolvimento pessoalPortanto, vire as costas para o seu problema e concentre a sua atenção sobre a solução desejada, já sentindo que você é, ou possui, aquilo o que você deseja. Continue nesta crença, e você perceberá que as paredes de sua prisão desaparecerão conforme você começar a expressar aquilo o que você se tornou consciente de ser.

Esses ensinamentos que estou a divir contigo nesse artigo aprendi com os materias do Neville Goddard e ele dizia “eu já vi pessoas com dívidas aparentemente irremediáveis aplicarem este princípio, e em muito pouco tempo, as dívidas que eram montanhosas, foram  eliminadas. Também já vi aqueles a quem os médicos tinham dado com incuráveis aplicarem este princípio, e em um período de tempo extremamente curto, a doença até então incurável, desapareceu sem deixar cicatrizes.”

Eu particularmente descubri esse maravilhose conhecimento a alguns meses atrás e fiquei apaixonado, pratico e aplico tudo e os resultados são maravilhosos, portanto, olhe para os seus desejos como se fossem palavras de Deus, e que cada uma dessas palavras profetiza aquilo o que você é capaz de ser. Não se questione se você é digno ou não de realizar esses desejos. Aceite-os da maneira que eles se apresentam a você.

Agradeça por eles como se eles fossem presentes. Sinta-se feliz e agradecido por ter recebido estes presentes tão maravilhosos. E então, siga o seu caminho em paz. aceite o simples fato de que os seus desejos são como sementes férteis, semeadas em um solo preparado.

Não dúvide do poder da consciência

Quando você semear o seu desejo em sua consciência como se fosse uma semente, confiante de que ele crescerá com todo o seu potencial, você terá feito tudo o que se espera de você. Ficar concentrado ou preocupado com a forma como estas sementes irão brotar, é o mesmo que semear estas sementes férteis em um conflito mental, e, portanto, irá impedi-las de amadurecer até o ponto certo de sua colheita.

Quando você der as costas para os seus problemas,  não fique ansioso ou preocupado quanto aos resultados. Os resultados se seguirão tão certo como a noite segue o dia. Tenha fé no seu plantio até que as provas se manifestem a você, que assim será. Sua confiança neste procedimento irá lhe render grandes recompensas.

Espere um pouco mais, com a consciência da coisa desejada, então, de repente, e quando menos se esperar, a coisa desejada se tornará a sua expressão.

A vida não faz distinção de pessoas e nem destrói nada, ela apenas continua a manter vivo aquilo o que o homem é consciente de ser. As coisas só desaparecem quando o homem muda sua consciência. Você pode negar a isso se você quiser, mas ainda continuará a ser um fato que a consciência é a única realidade, e que as coisas apenas espelham o que você está consciente de ser. O estado celestial que você procura, será encontrado apenas na sua consciência, pois o Reino dos céus está dentro de você.


A sua consciência é a única realidade viva, a eterna face da criação. Aquilo o que você está consciente de ser é o corpo temporal que você veste. Desviar a sua atenção
daquilo o que você está ciente de ser agora, é o mesmo que decapitar-se deste corpo, e assim como uma galinha ou uma cobra continua a saltar e se mexer por um tempo depois que a sua cabeça é cortada, da mesma forma, as qualidades e condições aparentam viver por um tempo depois que sua atenção é removida sobre elas.

O homem, não conhecendo esta lei da consciência, constantemente volta a pensar em suas condições habituais anteriores, e, ao ser atencioso com elas, repõe sobre esses corpos mortos a face eterna da criação, e sendo assim, ele os reanima e os ressuscita. Você deve deixar estes cadáveres em paz, e deixe que os mortos enterrem os mortos. O Homem, tendo semeado com a mão sobre o seu arado (isto é, depois de ter assumido a consciência da qualidade desejada), ao olhar para trás, só irá enfraquecer dúvidas e descrenças.

Ele incendiou os seus navios

Só pra ficar ainda mais claro sobre o que aprendi com a história de Daniel na Cova dos Leões deixam-me contar a história do homem que incendiou os seus navios.

Há muito tempo, um grande guerreiro enfrentou uma situação que lhe exigiu uma decisão capaz de lhe assegurar o sucesso no campo de batalha. Estava para mandar o exército contra poderoso inimigo, cujos homens excediam, em número, os seus. Embarcou os soldados nos navios, navegou para o país inimigo, desembarcou homens e equipamento, dando então a ordem de atear fogo aos barcos, que os tinham transportado. Dirigindo-se aos homens, antes da primeira batalha, disse ele: “Vocês estão vendo os barcos em chamas. Isso significa que não podemos deixar essas praias, vivos, a não ser que ganhemos! Não temos escolha agora – vencemos – ou perecemos!”

 Venceram.

Você percebeu que quando você dá costas aos seus problemas eles desaparecem? Essa é a consciência que você precisa desenvolver, paré de focar nos problemas e comece a mandar toda a sua atenção e FOCO na solução dos mesmo! Se estiver enfrentando algum problema atualmente, não importa qual seja, você pode aplicar essa técnica de dar as costas aos problemas e focar na solução. Comece a ver e sentir como se os seus problemas já foram resolvidos e viva feliz sentindo esse sentimento durante vários dias, e quando menos esperar vai ver que o seu problema já não existe. Essa é a lei da cosnciência.

Qual é o problema que você está enfretando agora? Deixe nos comentários eu vou ajudar a cria o oposto do seu problema e explicar como desenvolver o sentimento de desejo realizado.